Como poupar energia nos eletrodomésticos de maior consumo na cozinha

A cozinha é uma das áreas da casa onde mais energia é consumida. O frigorífico, o congelador, a placa vitrocerâmica, a máquina de lavar roupa ou o forno são alguns dos aparelhos de maior uso no nosso dia a dia e com maior impacto na nossa fatura energética.

Adotar certas medidas de eficiência energética pode ser fundamental para limitar esse impacto e promover a poupança na sua fatura energética.

Siga o conselho dos especialistas da Aldro:

Frigorífico

• Porta aberta o menor tempo possível: ao abrir e fechar a porta para retirar ou guardar alimentos, o frio sairá e será necessário regenerá-lo com aumento dos recursos energéticos. Portanto, será necessário fazê-lo o menos possível e, principalmente, não deixar a porta aberta por muito tempo.

  • Não guarde coisas quentes dentro: o calor liberado pelos recipientes espalha-se pelo frigorifico, exigindo mais energia.
  • Cuidado com a temperatura: todos os frigorificos possuem um regulador que permite regular o frio desejado no local. No inverno, precisamos de menos frio do que no verão, portanto, ao fazer essa alteração, também contribuimos para poupar na atura energética.

Congelador

  • A temperatura é a chave: devemos manter a temperatura em -18º, pois a cada grau a menos, o consumo aumenta 5%.
  • Evite geadas nas paredes: o gelo nass paredes geram um efeito isolante que dificulta a transmissão do frio, o que significa maior consumo de energia. Na verdade, uma espessura de mais de 3 milímetros representa um consumo de até 30% a mais.
  • Mantenha-o cheio: a quantidade de energia consumida é inversamente proporcional à quantidade de alimentos no interior do congelador, quanto mais alimentos, menos consumo. A razão para isso é que o próprio alimento já gera frio.

Vitrocerámica

  • Aproveite o calor residual: desligue a placa de vitrocerâmica antes de terminar a cozedura para aproveitar o calor, que vai diminuindo gradualmente até desaparecer.
  • Cubra os recipientes enquanto cozinha: ao não cobrir as panelas, ocorrem perdas por convecção que representam um aumento no consumo de até 15%.
  • Centralize as panelas nas placas: utilize fogões do tamanho das panelas a aquecer e centralize para aproveitar ao máximo o calor que a vitrocerâmica nos oferece.

Máquina de Lavar

  • Utilize programas curtos: as roupas que normalmente usamos não estão tão sujas ao ponto de serem lavadas num curto espaço de tempo. Portanto, o mais recomendado é o uso programas curtos.
  • A água quente é mesmo necessária?: O aquecimento da água na máquina de lavar durante toda a lavagem representa cerca de 80% do consumo. Usando água fria, poupamos toda essa energia.
  • Seque ao ar livre: aproveite o ar e o calor natural para secar a roupa, evitando o consumo da máquina de secar.

Forno

  • Manter a porta fechada: as principais perdas de calor durante a cozedura ocorrem quando abrimos a porta para verificar o processo. Ao verificar o processo de fora, evitaremos a regeneração de energia para recuperar essas perdas.
  • Aproveite o calor residual: desligue o forno alguns minutos antes de terminar a cozedura e aproveite o calor restante durante o processo de resfriamento.
  • Utilize recipientes de vidro ou cerâmica: este material requer menos tempo de aquecimento, reduzindo assim o tempo de cozedura.

Além disso, em todos os casos, os especialistas da Aldro recomendam apostar em aparelhos com classificação energética B ou superior para garantir um baixo consumo de energia. Além disso, é importante ter uma taxa de energia que se adapte às suas necessidades e hábitos e não o contrário. Na Aldro oferecemos os melhores produtos e serviços energéticos para promover a economia de contas e cuidar do meio ambiente.

Esta entrada foi publicada em Dicas e Truques com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

twelve − 2 =